Rate this post

deals no japao 1Q 2018Destaques do 1Q 2018 no Japão

  • Total de deals 117.
  • ¥60.6B em 97 deals divulgados, cerca de $554M ou $5.7M de média por Startup
  • Maior deal ¥7.5B ou $68.6M da Toyota Corp na Japan Taxi.
  • Maior deal Fintech na startup Folio, ¥7B ou $64M de um grupo formado por LINE, Goldman Sachs, Dentsu Ventures, Mitsui Bussan, SMBC VC, DCM Ventures e Draper Nexus Ventures.
  • Maior deal AI na startup Zeals, ¥4.2B ou $38M feitos pela Jafco e Freakout.
  • Maior deal Foodtech na startup Dely, ¥3.35B ou $30M feitos pela United, Softbank, YJ Capital e Akatsuki.
  • Setores com maior número de deals: AI com 10 e Fintech com 6.
  • VC com maior número de deals, Mizuho Capital com 11.

Comparativo 1Q 2017

  • Total de deals 72.
  • Em relação aos deals com valores divulgados, crescimento +217%, de ¥27.9B ou $255M, para ¥60.6B ou $554M.
  • O maior deal do primeiro trimestre de 2017 foi ¥3B ou $27.4M
  • Setor com maior número de deals: AI com 6.
  • VC com maior número de deals: SMBC Venture Capital com 9.

Curiosidades

  • Corporate Venture Capital em alta, mesmo em seeds e até co-investimento com anjos, os fundos CVC estão ativos nas rodadas. Há casos de corporações investindo em negócios sem nenhum potencial de sinergia. Do total de 97 deals divulgados, 75% tiveram participações de CVC.
  • A startup Voicy recebeu investimento de 14 anjos, todos ligados a tecnologia, sejam fundadores ou ex-executivos de startups num Seed de ¥28M ou $256K. Mais do que o dinheiro, a startup validou seu modelo de negócio com a confiança de nomes influentes no setor de tecnologia do Japão.
  • A Goldman Sachs é um dos poucos fundos de capital estrangeiro em atividade no Japão, fez 2 deals no primeiro trimestre de 2018 (Folio/MFS). Movimento que começou em 2017, com o primeiro investimento da GS na startup Sansan.
  • Softbank fez seu primeiro deal do ano no Japão. Apesar dos bilhões do Vison Fund, a Softbank investiu em apenas 3 deals na terra do sol nascente em 2017.

Oportunidades

O Japão não produz muitos unicórnios porque as startups nascem com roadmap direcionado ao IPO na Bolsa de Tóquio (Mothers). A Mothers começou a operar em 1999, com capitalização de ¥813B. Hoje, são ¥5.3T de capitalização, ou $48B, mesmo com o mercado de ações em queda, foram 18 IPO’s na Mothers no 1Q 2018, metade do setor de TI.

Como será o Bovespa Mais daqui a 20 anos?

*Disclosure: este blog não recomenda nenhum investimento aos seus leitores. O mercado é arriscado e a decisão é de cada pessoa ou instituição.

Deixe uma resposta