Rate this post

O que é uma fusão ou aquisição M&A?

De forma simples, uma fusão ou aquisição (M&A) é um processo que envolve estratégia, avaliação, negociação e a combinação de ativos empresariais, com o objetivo de preservar e construir o valor do negócio.

Fusão é o processo onde há junção de duas empresas em uma. Que pode iniciar com aquisição de uma parte, e talvez se tornar uma fusão.

Na fusão, é necessário repensar em toda a estrutura das duas empresas para formar um novo nome, nova marca, e nova gestão. Há também um novo caso no Japão, o da Renault Nissan Mitsubishi Alliance que preserva todas as marcas.

Na aquisição, a empresa adquirida, geralmente a menor, pode continuar com o mesmo nome, marca ou gestão, se a compradora enxergar valor, ou reformular tudo para o nome, marca e gestão da compradora.

Exemplos

  • Mizuho Bank, fruto da fusão do Dai-Ichi Kangyo Bank, Fuji Bank e o Industrial Bank of Japan
  • Renault Nissan Mitsubishi Alliance, exemplo de acordo da fusão cruzada de ações e continuidade de marcas, Renault, Nissan e Mitsubishi com gestão a cargo do brasileiro Carlos Ghosn.
  • Vodafone Japan, uma aquisição da Softbank, onde o nome, gestão e marcas da Vodafone Japan desapareceram do mercado japonês.
  • Yahoo Japan, joint venture, formada pela Softbank e Yahoo que se tornou mais lucrativa do que a própria Yahoo.
  • Financial Times, comprada pela Nihon Keizai Shinbum, continua com a marca forte global, enquanto que a Nikkei, sua compradora, é forte regionalmente.

 

Por que vender ou comprar uma empresa no Japão?

Os casos citados nos exemplos acima são de grandes marcas que construíram valor nacional ou global. Mas há um mercado novo de fusões e aquisições no estágio mais inicial.

As startups mostram a viabilidade de compra de parte da empresa, mesmo antes dela sair do papel. Porque a valorização da startup pode ser milhares de vezes maior do que uma empresa listada em bolsa de valores.

A diferença é que uma empresa em bolsa de valores tem o valor real de mercado. Uma startup é mais arriscada, difícil de calcular seu valor, em especial no início, onde o modelo de negócio não foi testado.

Nesse sentido, calcular o valor de uma startup, ou empresa fora da bolsa de valores exige pesquisa de informações detalhadas sobre o futuro do negócio. A tal da “Due Diligence”, termo conhecido no meio dos investidores profissionais.

Há vários métodos de calcular o valor de uma empresa fora de bolsa, e o maior problema é desvincular o valor emotivo do fundador e o valor percebido pelas partes. Referências de segmento, mercado e KPI’s podem nos ajudar a definir valores.

Mas por que vender uma empresa no Japão?

Há inúmeros motivos para isso:

  • Não ter descendentes que desejam continuar com o negócio
  • Não encontrar gestores para cuidar do negócio
  • Desejo de mudar de setor
  • Desejo de se aposentar
  • Não conseguir financiamento bancário para sustentar a empresa
  • Enjoar de cuidar do negócio
  • Mudança de leis que impactam na saúde financeira da empresa, caso das empreiteiras no Japão
  • Dificuldade na gestão

E por quê comprar uma empresa no Japão?

  • Por todos os motivos acima, que são oportunidades de comprar bons ativos
  • Para diversificar investimentos e sair da dependência regional ou monetária (caso do real)
  • Para crescer dentro do seu mercado de atuação, a indústria japonesa é avançada e tem produtos de alta qualidade
  • Porque há uma comunidade brasileira no Japão com vistos regulares, disposta a trabalhar e viver no arquipélago
  • Porque o Japão é admirado pelos países ao redor e pode ser ponto de partida para Asionalizar seu produto ou serviço

Em quais setores há oportunidades?

Todos! Entre em contato para compra ou venda de empresas no Japão. Seja uma startup, uma pequena, média ou grande empresa. Nosso trabalho é fazer uma aproximação correta com o comprador ou vendedor no sentido de diminuir o desgaste envolvido numa transação de alto valor sentimental, como é o caso de empresas fora da bolsa de valores. Mais um serviço da DSJP Consulting – Sua consultoria brasileira no Japão.

Deixe uma resposta