Rate this post

Marketing digital no Japão

Marketing digital, ou marketing na era digital é o uso do marketing nas plataformas e aparelhos digitais. No Brasil, muitas pessoas acreditam que seja algo novo, criado após o surgimento de plataformas digitais, mas as mensagens e conceitos não sofrem tanto impacto como os meios. A inovação acontece na rapidez de entrega da comunicação e nas respostas em tempo real. Algo que só era possível com 2 dispositivos, Rádio/Telefone, hoje é possível num smartphone.

Em 2011, a DSJP e uma equipe de brasileiros trouxe a Martha Gabriel ao Japão para o Curso de Marketing na Era Digital. Foram 4h intensas de conceitos básicos e avançados sobre Marketing e futuro da comunicação digital. Lembro de ter ouvido ela falar sobre QR Code e como a realidade virtual seria nos próximos anos.

Desde aquela época, este blog traz informações relevantes sobre tendências e inovação na era digital, com foco voltado aos negócios e investimentos em startups. De 2011 até hoje, não houve mudanças significativas no modo como as empresas brasileiras no Japão fazem sua comunicação.

Com isso, hoje vamos falar sobre os 3 temas abaixo:

  1. Curso de Marketing Digital
  2. Marketing Digital para empresas brasileiras no Japão
  3. Branding no Japão

1. Curso de Marketing Digital

Por que fazer um curso de marketing digital?

Geralmente as pessoas preferem fazer tudo sozinhas, sem estudar conceitos. Não há nada errado em fazer algo porque acredita estar certo, porém, os conceitos servem para entender melhor o todo, o significado, como tudo funciona. Há diversos cursos de marketing digital na internet, cada um deve buscar em qual se adapta melhor.

Nós buscamos os especialistas em cada área, em cada segmento. Dentro do marketing na era digital, Neil Patel é uma referência em marketing de conteúdo, basta procurar por “content marketing” no Google e verá ele na primeira página. No Brasil, o pioneiro e especialista em “marketing de conteúdo” é o Diego Gomes da Rock Content.

O Marketing de Conteúdo também não é algo novo, mas se tornou acessível para qualquer pequeno empreendedor que inicia seu negócio. Aliás, você pode começar a fazer marketing de conteúdo antes mesmo de ter um negócio. Precisará apenas descobrir qual o tema que mais lhe agrada para organizar informações e publicá-las.

A Michelin organizou um guia de restaurantes como marketing de conteúdo e se tornou um negócio a parte. Restaurantes do mundo todo desejam ter estrelas do guia.

2. Marketing Digital para empresas brasileiras no Japão

Como uma empresa brasileira no Japão pode se beneficiar do marketing digital?

Comentamos na introdução deste post que desde 2011 não notamos mudanças significativas no marketing das empresas brasileiras no Japão. Um dos motivos é básico, pois para haver mudanças, é necessário inovar.

A inovação não é a mesma coisa de criar algo novo. Pode ser melhorar algo que já foi criado. A Toyota não inventou o sistema de produção, mas melhorou com o Just in Time. A SoftBank não criou o sistema de investimento em startups, mas exponencializou com seu Vision Fund.

Para haver inovação, é necessário correr riscos e contratar profissionais competentes que gerenciem os riscos. Nesse caso, profissionais de marketing. Desde 2011, a DSJP Consulting analisa a relevância de 700 empresas brasileiras no Japão. Na segunda fase em 2016, incluímos também 100 empreiteiras que empregam brasileiros. Na terceira fase em 2019, incluímos mais 50 empreiteiras. Desse total, analisamos que menos de 5% das empresas utilizam profissionais para cuidar do marketing e da marca da empresa.

3. Branding no Japão

De forma simples, branding significa fazer marcar, ou trabalhar para que a marca seja fixada. É um componente do marketing, que poucas pessoas dão o real valor no início e talvez por isso, poucas empresas tem valor de marca no mercado brasileiro no Japão.

Quanto vale o Leilao.JP

Pense um pouco, quais marcas brasileiras do Japão vem à sua mente quando pensa em trabalho? Viagens? Balada? Roupas? Comida brasileira?

Se lembrou apenas de 1 em cada segmento, o que aconteceu com as outras?

Quanto cada empresa investe em branding?

Como ela impacta você diariamente?

Branding no Japão é um tabu. Se vimos acima que menos de 5% das empresas tem gestão de marketing, algo generalizado, quantas tem gestão de marca ou branding no Japão?

Uma marca que é bem gerida tem valor no mercado. São marcas que gostaríamos de estar juntos dela, não importa o que façam, compraríamos. Qual seria essa marca?

Se você se interessou pelos temas curso de marketing digital, marketing digital para empresas brasileiras no Japão e branding no Japão, participe dos seminários J1seeds e descubra como calcular seu valor de marca com o J1BrandIndex.

Anúncios

Deixe uma resposta