Quem é Masayoshi Son e a Softbank

Antes de ler sobre Masayoshi Son, saiba mais sobre o Ecossistema de negócios brasileiros no Japão, e 20 Startups e investidores japoneses.

Acompanhamos a muito tempo a trajetória de Masayoshi Son, que hoje o mundo conhece pelo seu Softbank Vision Fund. Os brasileiros no Japão, o conhecem desde 2006, quando ele comprou a Vodafone e 2007, com a venda do iPhone no arquipélago.

Os americanos talvez conheçam ele de 1996, quando investiu no Yahoo. Formando o Yahoo Japan. E os chineses em 2000, quando investiu no Alibaba.

Os ingleses talvez se surpreenderam quando ele comprou a ARM em 2016. E o ecossistema brasileiro de startups em 2017 quando ele investiu na 99. Mas o impacto no Brasil começará a partir deste ano de 2019, com o novo fundo Softbank Innovation de $5B para a America Latina.

O mito Masayoshi Son, representa um ecossistema inteiro. E tudo começou quando ele vendeu seus primeiros projetos patenteados, ainda na faculdade em 1977, e arrecadou $3.2M em 8 meses. Voltou para o Japão e iniciou a história da Softbank, com o conceito de banco de softwares, fez IPO e depois iniciou diversos investimentos no setor de TI.

Na entrevista que concedeu a Harvard Business Review (em inglês), há varias informações de onde nasceu e como enxerga o modelo de negócio da Softbank. Numa parte (autobiografia), conta que a esposa foi a primeira japonesa a trocar o sobrenome japonês para um sobrenome coreano “Son”, o que possibilitou sua naturalização com o seu sobrenome de família.

Veja também a entrevista memorável (em inglês) que ele concedeu ao David Rubenstein:

O que é Softbank?

Softbank (9984.JP) é uma empresa de capital aberto na Bolsa de Tokyo que hoje vale cerca de 102 bilhões de dólares, ou 11.35 trilhões de yenes. 

Começou os negócios no Japão em 1981, como uma revendedora de softwares e depois se tornou investidora em empresas de tecnologia. No crash da bolha de tecnologia dos anos 2000 perdeu quase todo seu valor. Mas, Masayoshi Son não desistiu e continuou a investir no setor.

Um dos casos mais emblemáticos foi o investimento na Yahoo. Trouxe o modelo de negócio para o Japão, transformou a marca em operadora de internet banda larga e hoje, o Yahoo Japan se tornou sinônimo de comunicação, telefonia, leilões e banda larga.

O outro foi no Alibaba, que retornou mais de 41x o capital investido.

O segredo de Masayoshi Son

Quando analisamos o perfil de Masayoshi Son, o que encontramos são conexões com líderes mundiais e o foco em ouvir conselhos e tomar decisões. Parece algo simples, mas esse é o maior diferencial de Masason.

O primeiro conselho que ele ouviu, ainda na adolescência em 1973, foi do então Presidente do McDonald’s Japan, Den Fujita, que recomendou a ele negócios com computadores.

O segundo mentor foi Tadashi Sasaki, ex Vice-Presidente da Sharp, que confiou no seu futuro, foi seu fiador numa época difícil e ofereceu a casa e sua aposentadoria como garantia de empréstimo num banco para Son. (Tadashi foi mentor de Jobs também).

Na lista de conexões destaque para:

  • Bill Gates – Fundador Microsoft
  • Larry Ellison – Co-Fundador da Oracle
  • Steve Jobs – Co-Fundaor da Apple
  • Tadashi Yanai – Chairman UNIQLO 
  • Jack Ma – Chairman Alibaba
  • Marcelo Claure – Fundador Brighstar

Os 3 últimos, membros do conselho da Softbank Group. E Marcelo Claure será o responsável pelo novo fundo Softbank Innovation para a América Latina. Se tudo correr bem na região, acredito que Marcelo é um forte candidato a suceder Masayoshi Son no comando do grupo.

Apostas no Brasil

Quais as startups teriam fit com a visão de Masayoshi Son?

Analisando o portfólio de investimentos da Softbank, os principais setores que acredito ter potencial de investimento são:

  • E-Commerce
  • Esportes
  • Fintech
  • Logística
  • Marketing
  • Mídia 
  • Robótica
  • Saúde 

Os investimentos devem seguir a faixa de $50M a $100M por startup. E, nesse caso, quais seriam as suas apostas?

*Disclosure: Este blog é apenas informativo, não recomenda nenhum investimento. Suas ações são decorrentes da sua própria escolha.

h

Anúncios

Deixe uma resposta