Aichi Startup = 愛知スタートアップ
Aichi Startup = 愛知スタートアップ

O problema de Aichi

Quando você pensa no Japão, é bastante provável que Tokyo ou Kyoto lhe venha a mente e não saiba da importância exercida pela província de Aichi.

Tokyo é o centro financeiro e capital do Japão, Kyoto a capital histórica e Aichi é a capital industrial. Aichi exporta mais de $380B em produtos manufaturados e é líder em 10 categorias de produtos. Com 7.5M de residentes, dentre os quais, 234 mil estrangeiros de 156 países, tem PIB equivalente ao de Singapura.

Mas tudo isso pode acabar se as empresas japonesas não se adaptarem as rápidas mudanças no comportamento dos consumidores e da economia mundial. O maior exemplo é a Toyota, que tem sede em Aichi e o presidente Akio Toyoda reclamou que será difícil manter o emprego estável no Japão.

Além dessa mensagem, líderes da província também vem discursando sobre as incertezas do setor de manufatura, ou “monozukuri” que é o motor da região central do Japão, em especial, o setor automotivo e de transporte.

A solução para Aichi

No meio das incertezas sobre o futuro, muitos entes da sociedade regional estão se movimentando. Veja algumas ações:

  • (Gov) Aichi Startup Strategy, projeto iniciado em 2018 com varias iniciativas para fomentar o ecossistema. Parceria com Universidade de Austin, 2 projetos governamentais em conjunto com aceleradoras e incubadoras. Rede de apoio em conjunto com Universidades, Corporações, Bancos, Startups, Organizações, Prefeituras e Escolas, que já passam de 100 colaboradores. Mais de $4B em investimentos no projeto.
  • (Academia) Tongali Project, projeto de Universidades da região central para incentivar e apoiar startups desde à ideia, incubação, aceleração e expansão.
  • (Corp) Toyota, apoio a iniciativas e investimento em startups de forma direta ou através de fundos. Em especial, mobilidade e inteligência artificial. Ex.: Grab, Uber, Sparkx, JV com SoftBank, etc.
  • (Co-working) Inauguração do WeWork Nagoya e mais 3 espaços no primeiro semestre de 2019. Incluindo o Nagoya Innovators Garage que promete ser um dos melhores hubs de inovação de Aichi. Além do Musashi Innovation Lab Clue na cidade de Toyohashi, interior de Aichi.
  • (Eventos) Dazideia Meetup, primeiro evento internacional de Pitch na sua 3a. Edição. Dentre outros a nível regional e nacional ocorrendo em Aichi.
  • (Fundos) Lançamento do fundo MTG Ventures de $50M em 2018.
  • (Incubadora) Lançamento do Midland Incubators House em 2018.
  • (Aceleradora) Lançamento do Nagoya Boost 1000 em 2018 e outras iniciativas como Ricoh Accelerator 2019.
  • (Grupos) Crescimento de grupos como o Code for Aichi.

Oportunidades em Aichi

O mercado vive de ciclos e você pode aproveitar o “timing” ou apenas observar os gráficos. A cada 100 anos há uma grande transformação na indústria e o momento chegou para o setor automotivo e de transporte. O futuro é elétrico e MaaS = Mobile as a Service (Mobilidade como Serviço). Portanto, a região central do Japão já sente os primeiros passos dessa transformação. A diferença é que tudo muda muito rápido na era do smartphone, e as grandes empresas as vezes não conseguem acompanhar a rapidez do consumidor.

Por isso, governo e grandes corporações estão se movimentando para entender e se aproximar das startups. É uma oportunidade única de participar da transformação de uma região com PIB acima de $300B.

Para você ter uma ideia do crescimento das startups em Aichi, veja as noticias dos últimos 2 meses:

Como participar?

A estrutura está montada e os eventos estão ocorrendo regularmente. O que falta na região são bons empreendedores, principalmente pessoas que consigam programar e criar novos modelos de negócios. Além de investidores que não tem medo de arriscar em negócios incertos e com retorno de longo prazo (ou não).

Aichi tem um visto especial de 1 ano para quem deseja vir e participar de aceleradoras ou investir nas startups da região.

Muito obrigado e até a próxima.

Anúncios

Deixe uma resposta