A hora é agora crie seu negócio online
 A hora é agora crie seu negócio online

Você  já usou ou ouviu falar do aplicativo Zoom?

Numa entrevista escrita no Medium do Yitzi Weiner, Eric Yuan, Fundador e CEO do Zoom, explica que no início da faculdade, na China, ele viajava 10h de trem para visitar a namorada. Nessa época, detestava as viagens e ele imaginava outra forma de visitá-la, sem precisar utilizar o trem para isso. Esses sonhos diários foram a base para o Zoom existir hoje.

Na mesma entrevista, Eric Yuan, conta também as dificuldades que teve ao tentar obter visto americano (9 tentativas) e os problemas relatados pelos seus clientes referente as soluções existentes no mercado na época em que trabalhava para uma grande empresa de software.

Ele sentiu que dentro da grande empresa não conseguiria desenvolver o melhor para os clientes e fundou a Zoom. Casos como o do Eric, e de outros fundadores de startups, românticos ou não, solucionam problemas e escalam no tempo do mercado. Apesar de ter sido fundado em 2012, o grande “boom” ocorreu este ano de 2020, por causa do “fique em casa”. O que acelerou a adoção do “Telework” ou trabalho de casa (remoto), e a consequente utilização de ferramentas como o Zoom e outras de comunicação online.

Uma jornada empreendedora é cheia de desafios, e a experiência de quem teve sucesso, pode nos ajudar no nosso empreendimento. O entrevistador perguntou a Eric, quais conselhos gostaria de ter recebido antes de fundar sua startup. Ele passou 5, veja abaixo:

  1. Embora a jornada inicial seja longa e difícil, também é divertida e emocionante. Não tenha medo de começar – basta seguir em frente!
  2. Você não precisa contratar as pessoas mais qualificadas no papel; em vez disso, você deve contratar pessoas com auto-motivação e mentalidade de auto-aprendizado.
  3. A cultura da sua empresa é a coisa mais importante para se acertar. Todo o resto flui a partir daí.
  4. Se seus funcionários não estiverem felizes, nada na sua empresa irá bem.
  5. Encontre os investidores que desejam investir em você, não apenas no seu negócio.

Destaco para você a primeira dica, A HORA É  AGORA, não tenha medo de começar.

Se a hora é agora, por onde começar?

Há  várias formas de começar. Mas duas são motivo de estudo pelo SEBRAE, o empreendedorismo por oportunidade, ou por necessidade. O caso do Eric acima, foi por oportunidade. Ele visualizou no futuro a oportunidade que a grande empresa não enxergava no presente. Mas, para chegar nesse ponto, ele já havia trabalhado muitos anos e desenvolvido sua carreira no setor de software, além de ser engenheiro e contar com a confiança dos colegas de trabalho para começar um novo negócio.

Se você  não tem a mesma experiência que o Eric e deseja iniciar um novo negócio por necessidade, o melhor caminho é se capacitar. Trilhar o caminho do empreendedorismo sem experiência no setor ou sem estudo pode dar certo, mas você  terá uma variável a mais para combater, o tempo de aprendizado em conjunto com o seu tempo de administrar todas as tarefas e decisões relacionadas ao novo negócio.

Os problemas diários podem impedir você de fazer uma boa administração e diminuir as chances de sucesso.

Para ajudar você a iniciar um negócio com um pouco mais de conhecimento, a J1seeds produziu um curso online para você  começar algo com mais conhecimento. O mínimo que você precisa saber para enfrentar a concorrência, se diferenciar no mercado e alcançar seus objetivos.

O primeiro passo nesse curso é justamente esse, traçar seu objetivo antes de iniciar. Sem rumo, você pode ir a deriva, como pode navegar sem saber onde você quer chegar?

Da ideia a marca online

Se você empreende por necessidade ou por oportunidade, a primeira coisa que tem é uma ideia. Mas ideias todos tem, e alguém no meio de bilhões de pessoas conectadas na internet pode ter a mesma ideia que você, mesmo que em outro país, falando outra língua. Mas os tradutores online podem fazê-lo chegar até  você.

Antigamente, não  éramos conectados e nem sabíamos o que acontecia na China por exemplo. Hoje, se você quiser ler o que os chineses estão fazendo, não  é  tão  difícil assim. E você pode até comprar algo de uma fabrica chinesa, sem ao menos falar ou entender a língua chinesa.

Com o mundo acelerado, volátil, incerto e conectado que vivemos hoje, por que você vai esperar outra pessoa iniciar algo com a mesma ideia que você?

Adquira hoje mesmo seu curso DA IDEIA A MARCA ONLINE por apenas ¥97.000 a vista, estude no conforto da sua casa e ainda ganhe um conjunto de identidade visual com logotipo, nome, cores e ações para o seu negócio decolar após concluir o curso. Não espere o mundo acabar para realizar seu sonho.

Conte com a experiência da equipe J1seeds que atende marcas brasileiras em alto crescimento e já treinou mais de 400 empreendedores brasileiros no Japão de forma presencial em 17 cidades de 8 províncias japonesas.

Curso Online Da Ideia a Marca
Adquira aqui o Curso Online Da Ideia a Marca

Comprar Agora

Conheça alguns clientes que já utilizam os serviços da J1seeds:

Já tenho um negócio mas não é online

Se o seu cliente está na internet, você pode estar perdendo oportunidade de oferecer uma boa experiência de compra e uso do seu produto ou serviço. Mesmo que o seu cliente goste muito de visitar sua loja, ou seu espaço físico, pergunte a ele se já comprou algo online. Se a resposta for sim, por que deixá-lo apenas com a experiência do espaço físico?

As compras de produtos online no Japão são facilitadas pelo excelente trabalho logístico que as transportadoras japonesas oferecem. E o alto índice de uso do cartão de crédito por brasileiros e estrangeiros. E os serviços online são cada vez mais comuns no dia a dia dos estrangeiros no Japão.

Lembre-se que a transformação digital do seu negócio deve ser bem planejada, não é apenas atender o cliente via app de mensagens ou divulgar posts nas redes sociais. O seu tempo de gestão é escasso e deve ser bem remunerado, portanto, a melhor forma de maximizar os resultados é investir num conjunto de soluções eficientes de serviços digitais.

Se você já tentou investir no digital antes e não gostou da experiência, talvez tenha sido por falta de conhecimento das ferramentas atuais de otimização do tempo. Como é o caso do Zoom, que citamos acima. Além das ferramentas de comunicação, há centenas de novos serviços digitais que podem melhorar a experiência do seu cliente e mais, podem ajudar também nas vendas de pontos físicos.

Entre em contato para mais informações, clique aqui.

Deixe uma resposta