Lista de 45 FB Pages do comércio brasileiro no Japão

Padrão
Dinolist comercio brasileiro no Japão

Dinolist comercio brasileiro no Japão

Ranking por ordem de engajamento

Depois de 4 meses, listamos os números das Fan Pages do comércio brasileiro no Japão. Na lista de novembro, apenas 3 páginas tinham engajamento acima de 10%, o que consideramos um nível bom para ser trabalhado. Nesta nova seleção, há 10 páginas acima deste nível. Isso mostra que muitos aprenderam a comunicar-se com seus seguidores no Facebook.

A lista tem colaboração da especialista em Marketing de conteúdo para Facebook @Nill_Tomie e o apoio de quem nos ajuda pelos comentários e mensagens via email.

45 Facebook Pages do comércio brasileiro no Japão


Veja 26 Fan Pages de mídias brasileiras do Japão no FB

Padrão
26 Fan Pages de mídias brasileiras

26 Fan Pages de mídias brasileiras

Listadas por ordem de engajamento.

Em novembro de 2012 fizemos a primeira lista das Fan Pages de mídias brasileiras do Japão. É interessante notar que houve uma mudança grande no engajamento geral nessa nova listagem.

Destaque para J Tech News que começou com alto engajamento em menos de 1 semana no ar e Akitem Bom Negócio que deu um salto significativo em relação a 4 meses atrás.

Na lista anterior comentamos que as 6 primeiras tinham expressivos 10% de engajamento. Desses, dois conseguiram manter-se acima deste nível. A Record Japan e IPCTV Atendimento. Quem será que irá conseguir o mesmo percentual na próxima lista?

Para mais informações sobre engajamento no Facebook, fale com a @Nill_Tomie no Twitter. Ou visite o Blog da Suriemu.

26 FB Pages de mídias brasileiras no Japão

52 FB Pages de blogs, vlogs e personalidades brasileiras no Japão

dinolist fb pages blogs
Padrão
dinolist fb pages blogs

dinolist blogs vlogs persons

Veja quem são os mais engajados e quem tem mais número de likes no Facebook

Em novembro de 2011 haviam 42 Fan Pages de blogueiros, vlogueiros e personalidades brasileiras no Japão. Nesta lista atual, catalogamos 52 Pages, aumento significativo de 23%.

Com 3 meses, já há uma base para comparar se o engajamento anterior veio de uma boa estratégia de conteúdo/relacionamento ou foi apenas momentâneo. Destaque especial para o blog Vidas em Voltas, que continua com porcentagem alta de engajamento no segundo lugar.

Dos que estão no top 10 de “Likes”, o Crazy Japan TV é o de maior engajamento, já mencionado no post anterior.

E o Blog Suriemu é um dos únicos blogs corporativos na “ilha” de brasileiros da Asia. Espero que outras empresas brasileiras enxerguem essa tendência mundial e iniciem seu trabalho digital.

Para quem deseja saber mais sobre como criar um blog corporativo e uma fan page para sua empresa, fale com a @Nill_Tomie no Twitter, ela é especialista em marketing de conteúdo para Facebook e mídias sociais.

Veja abaixo as 52 Fan Pages de blogs, vlogs e personalidades brasileiras no Japão

55 FB Pages com mais de mil likes no Japão

fb pages brasileiros no Japão
Padrão
fb pages brasileiros no Japão

Lista FB Pages com mais de mil likes

No dia 15 de novembro de 2012, postamos uma lista de 41 páginas com mais de mil “curtir” no Facebook. Hoje, quase 4 meses depois, refizemos a lista, agora com 55 páginas de brasileiros no Japão que tem mais de 1.000 likes no FB.

Devido a alguns pedidos, acrescentamos uma coluna que mostra a posição da página no ranking de “likes”. Com isso, os leitores podem analisar a relação entre “curtidas” e engajamento.

Do top 10, destacamos a página da Gaviões da Fiel, que conseguiu manter o engajamento mesmo depois de passar a febre dos jogos no Japão. A página do Crazy Japan TV continua entre os primeiros, mesmo com mais do dobro de “likes” de novembro.

Entre as mídias, destaque para a Akitem Bom Negócio, que deu um salto significativo na porcentagem de engajamento. Méritos também para a Record Japan e IPCTV Atendimento, que mantiveram um bom nível entre os top 10.

Makeup Town e Crazy Japan TV A Loja, são exemplos de socialização das vendas. Os grupos Brasileiros no Japão e ONG Happy Family são os mais engajados num setor que poderia ter mais participação dos membros. As associações e grupos tem tudo para crescer no Facebook pois agregam pessoas em torno de um tema comum.

E o destaque especial para a página Universo Dekassegui, que não constava na lista de páginas com mais de mil “curtir” de novembro. Agora já é a terceira com melhor porcentagem de engajamento.

Saiba como eles conseguiram este feito! Participe do workshop sobre Facebook Pages e Marketing Digital, veja os detalhes aqui. Ou entre em contato com a especialista em Marketing no Facebook @Nill_Tomie via Twitter.

Lista das 55 FB Pages de brasileiros no Japão com mais de mil likes.

O que é Nagoya?

Padrão

No Brasil, quando se comenta algo sobre o Japão, o local que representa o país do sol nascente é Tokyo. Porém, Nagoya vem sendo bastante divulgada na mídia brasileira devido ao grande número de patrícios que vivem na região central do arquipélago. É também, sede de uma das maiores marcas de luxo do mundo, a Lexus.

Em português, a grafia correta é Nagoia, mas já acostumei a escrever com “Y”. E quando buscamos algo sobre a cidade, encontramos mais resultados na língua inglesa, Nagoya. Com população próxima de 2,27 milhões, é a terceira maior economia do país e capital da província de Aichi, onde vivem cerca de 55.310 brasileiros.

A cidade tem uma rica história arquitetônica que contrasta com as recentes edificações e investimentos públicos e privados. Considero uma capital do interior que se desenvolveu e ainda mantém alguns traços de expressão provinciana. Para aproveitar mais a cidade, vale a pena visitar:

1. JR Central Towers – O primeiro cartão de visitas da cidade, com dois prédios de 50 e 59 andares cada, abriga a empresa de trens JR Central, estação de trens e shinkansen, além de lojas, restaurantes, bares e diversos outros locais para “gastar”.

JR Central Towers Nagoya

JR Central Towers Nagoya

2. Midland Square – Um dos prédios mais altos do Japão, pertence ao grupo Toyota e Mainichi Newspaper. Tem o mais alto deck aberto para visualização no Japão, Sky restaurants, showroom de carros e lojas de marcas famosas.

Midland Square Toyota Mainichi Building

Midland Square Toyota Mainichi Building

3. Nagoya Castle – Castelo de Nagoya, um dos mais importantes castelos do período EDO (1603-1868), dominado pelo Shogunato Tokugawa. Época em que o Japão manteve seus portos fechados à outros países. Parcialmente destruído na II Grande Guerra Mundial, foi restaurado em 1959 e está em reformas com previsão de termino em 2017.

Castelo de Nagoia

Castelo de Nagoia

4. Tokugawa Art Museum – Museu privado, com mais de 12 mil obras, incluindo peças do Tesouro Nacional do Japão, como The Tale of Genji de Murasaki Shishibu.

Museu Tokugawa

Museu Tokugawa

5. Templo Atsuta – Um dos mais visitados do arquipélago. Com 20 hectares de área, e uma histórica coleção de 4.000 obras. Estima-se que foi fundado há quase 2 mil anos atrás.

Templo Atsuta

Templo Atsuta

6. Nagoya City Science Museum – Reinaugurado em 2011, agora com o maior planetário do mundo, fica localizado numa das regiões mais movimentadas da cidade, o bairro Sakae. É preciso fazer reserva antecipada para poder ver o planetário.

Museu de Ciencias da Cidade de Nagoya

Museu de Ciencias da Cidade de Nagoya

7. Nagoya Dome – Estádio de baseball do time Chunichi Dragons. Inaugurado em 1997, serve também como local de shows e eventos variados, é coberto e cabe 40.500 pessoas. Nos dias de jogos, se possível, escolha o trem/metrô para chegar até lá. Assim, conhecerá as placas em português no transporte público japonês.

Nagoya Dome

Nagoya Dome

8. Nagoya Boston Museum Of Fine Arts – Localizado em Kanayama, uma estação de metrô próxima da Central Nagoya, dentro do Kanayama South Building, é um dos maiores e de maior qualidade de obras de vários períodos.

Kanayama South Building - Nagoya Boston Museum of Fine Arts

Kanayama South Building - Nagoya Boston Museum of Fine Arts

9. Sekai no Yama-Chan – Restaurante típico de Nagoya, tem um prato chamado Tebasaki, que é uma asa de frango temperada e frita. O sabor e a forma de apreciar são únicos.

Tebasaki do Sekai no Yama-chan

Tebasaki do Sekai no Yama-chan

10. Osu Kannon – Localizado próximo a região de Sakae, além de possuir inúmeras obras históricas, tem ao seu redor um enorme centro comercial com lojas e restaurantes.

Osu Kannon

Osu Kannon

Fontes e fotos: Wikipedia.Org

Dinolist – As empresas brasileiras no Japão

dinolist - empresas brasileiras no Japão
Padrão
dinolist - empresas brasileiras no Japão

dinolist – empresas brasileiras no Japão

Vou inaugurar uma seção listas by Dino, ou Dinolist, a partir de hoje (16/jan/2010). Geralmente a mídia faz um resumo dos acontecimentos e lista os melhores e piores no final do ano. Mas dezembro é um mês muito emotivo, corrido devido aos preparativos para as férias e balanços de trabalho. Resolvi fazer esta em janeiro, por ser um mês com poucas novidades depois da ressaca de compras e festas.

Começo com a Dinolist de melhores empresas brasileiras sediadas no Japão. Selecionadas por diversos critérios, analisando todas que tive contato (cerca de 1.000) desde 1.990 quando cheguei ao arquipélago nipônico.

Os critérios adotados em sequência, foram:

  1. Site – Em várias línguas. Neste primeiro ítem separei os setores de atuação.
  2. Proximidade – Relacionamento com o pessoal da empresa.
  3. Maturidade – A empresa deve ter ao menos 5 anos no mercado.
  4. Global – Visão necessária para crescer nos dias atuais.
  5. Ética – Trabalhar conforme os valores definidos pela maioria das pessoas.
  6. Criatividade – Marketing e inovação nos produtos e serviços.
  7. Pessoas – Atendimento, relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros.
  8. Finanças – A maneira como a empresa cuida do seu patrimônio.

E aqui está a Dinolist (1990-2010)

  • Brastel – Provavelmente a maior empresa brasileira do Japão, presidida pelos brasileiros Junji Tanabe e Kendi Kawai. Conforme os dados obtidos no seu site, a empresa foi fundada em 1996, tem sede em Tokyo, e oferece ligações internacionais para 240 destinos no mundo, com tarifas 24 horas. As estimativas da empresa em 2007, eram capital de 30 milhões de yenes (R$ 583.000,00), faturamento de 8,7 bilhões de yenes (R$ 160 milhões) e 223 funcionários (Japão). Vamos as análises:
  1.  www.brastel.com. Ela pertence ao setor de telecomunicações e tem site em várias linguas e países.
  2.  Apesar de não conhecer os presidentes da companhia, tenho contato com diversos colaboradores e vejo que o setor de RH tem bons critérios de contratação.
  3.  Em termos de maturidade, são 14 anos em 2010.
  4. Logo na introdução ao site nota-se sua presença global.
  5. Como havia dito acima, meus contatos com os colaboradores sempre foram bons.
  6. A criatividade, para mim é o ponto forte, ou ponto inicial do crescimento estrondoso da Brastel, pois foram pioneiros e corajosos ao distribuir cartões pré-pagos nas lojas de conveniência por todo o Japão.
  7. Quanto menos se ouve sobre a empresa, é porque estão se saindo bem com as pessoas.
  8. E para finalizar sobre finanças, o que falar de uma empresa que tem 390 milhões de faturamento por funcionário fixo.
  • Leaf Technologies – Uma das mais inovadoras empresas dirigidas por um brasileiro e um japonês, começaram a oferecer serviços de duplicação autorizada de cd para japoneses com apenas duas máquinas e hoje atendem até órgãos governamentais do Brasil, como noticiado no site da filial brasileira. Conforme o site em japonês, dados de 2007, tem sede em Tokyo, capital de 10 milhões de yenes (R$ 194.000,00), faturou 180 milhões de yenes (R$ 3,5 milhões) com 12 funcionários sendo 6 fixos e tem o selo europeu, ROHS compliant que restringe o uso de chumbo e outras 5 substâncias.
  1. www.leaf-tec.jp. Setor de tecnologia, desenvolvimento de produtos específicos à empresas (OEM), tem 4 sites direcionados a cada país.
  2. Contato com os diretores do Brasil e Japão.
  3. Fundada em 2001, portanto 9 anos.
  4. Com filiais em Hong Kong e no Brasil, está um passo a frente de muitas empresas japonesas de maior porte.
  5. Trabalhos de importação e exportação dentro da lei, oferecendo produtos aos mais variados segmentos.
  6. Sempre investindo em software livre e produtos diferenciados.
  7. No Japão, trabalham seu network junto aos clientes em potencial, participando de feiras tecnológicas.
  8. Seu maior patrimônio são os produtos provenientes de pesquisa e desenvolvimento (P&D), que resultam em fornecimento para diversas empresas de renome.
  • Sannas – A única empresa brasileira de moda, que produz no Brasil, importa para o Japão e exporta para o mundo. Nas informações em japonês do site em 2009, observamos o capital de 10 milhões de yenes (R$ 194.000,00) e 13 funcionários, ela tem sede em Osaka.
  1. www.sannas.jp. Setor de moda, fotografia publicitária, tem site em 4 línguas e 4 moedas.
  2. Contato com os proprietários acompanhando o crescimento e o desenvolvimento de novos serviços.
  3. Fundada em 2002, completará 8 anos no início deste.
  4. Acredito ser a empresa com maior visão e abrangência global na comunidade, iniciando suas atividades vendendo o Brazil Fashion (www.brazilfashion.jp) para os japoneses, depois para os brasileiros e latinos residentes no Japão e hoje para qualquer destino no mundo.
  5. Vender os melhores produtos com os melhores preços ganhando o máximo de confiabilidade dos clientes é um lema que muitas empresas pregam, mas poucas são as que conseguem o feito de ter amantes da marca, que chegam ao ponto de visitar todos os dias seu site em busca das novidades.
  6. Trabalham com o feeling e feedback para desenvolver soluções em forma de roupas para agradar clientes em diversas partes do globo.
  7. Conseguem satisfazer os clientes sem contato direto, apenas por atendimento telefônico, chat online, email, mural de recados, leilão, catálogo, facebook e twitter.
  8. Investem e poupam com planejamento anual, cuidando da logística e da marca como as grandes empresas japonesas.

Alguns setores e empresas ficaram fora da lista pelos critérios acima mencionados, ou pela falta de informações disponíveis na internet e principalmente pouca presença global da empresa. Há empresas que poderiam constar na lista, mas não tem website ou estão fora do ar. Esta é uma lista pessoal de empresas que considero terem produtos ou serviços inovadores disponibilizados na internet para o mundo. São empresas brasileiras sediadas no Japão, que servem de exemplo para muitas que estão no Brasil e não conhecem o arquipélago nipônico.

Nestes anos todos vivendo no Japão, só tenho notícias de bancos, algumas marcas de roupas e grandes exportadores de commodities que investiram na sua presença física por aqui, seja com escritórios de representação, agências ou lojas. Hoje o Brasil é sinônimo de prosperidade na mídia japonesa e eu sempre acreditei no potencial deste país representado pelas cores verde, amarelo, azul e branco. Principalmente o amarelo, que é a riqueza, aliada a criatividade expressa no trabalho dos administradores e colaboradores das empresas acima citadas.

Espero aumentar essa lista na próxima década 2010-2020.

Obrigado pela leitura e volte sempre. ありがとうございました!