Como calcular o valor de um site na internet?

valor de um site
Padrão
valor de um site

valor de um site

Acredito que muitas pessoas tem interesse em investir seu dinheiro em algum negócio na Internet. Talvez por ter assistido o filme do Mark Zuckerberg ou pela leitura de notícias de startups que em pouco tempo chegam a cifras de $ 1 bilhão, como foi o caso do Instagram, comprado pelo Facebook.

Há milhares de sites (sítios) na internet e filtrá-los é uma tarefa complicada. Poucos deles tem informações concretas para análise. Uma das formas mais simples para avaliar é o método múltiplo de comparação do mercado. Na internet, a base são os usuários ativos do site.

Dados dos maiores sites do mundo

  • AMAZON – Maior eCommerce do mundo, $ 13.18 bilhões em receitas (3Q 2012), mais de 164 milhões de consumidores ativos, desses, cerca de 12% usuários prime.
  • YAHOO JAPAN – Maior site do Japão, $ 1 bilhão em receitas (2012), sendo 35% pertencente ao Yahoo Inc. (US). 26 milhões de usuários registrados (ID) e 4.8 bilhões de pageviews mensais.
  • EBAY – Market place número 1 do mundo, com 112.3 milhões de usuários ativos e $ 3.8 bilhões em receitas (3Q 2012).
  • MERCADO LIVRE – Market place número 1 da América Latina, 73.2 milhões de usuários cadastrados, 1.29 bilhões em transações, R$ 88 milhões em receitas.
  • RAKUTEN – Maior market place do Japão, receitas de ¥ 443 bilhões (2012), ¥ 194 milhões de lucro líquido, 72 milhões de usuário cadastrados, 36 mil lojas, 410 mil pedidos/dia, 100 milhões de ítens no total. Para venda ao exterior são 1 milhão de ítens, 6 mil lojas e 80 milhões de consumidores.
  • LINKEDIN – Melhor cadastro de currículos do mundo, 202 milhões de usuários, $ 972 milhões em receita (2012).
  • FACEBOOK – 1.06 bilhões de usuários ativos, $ 1.6 bilhões de faturamento no quarto trimestre 2012.
  • INSTAGRAM – 90 milhões de usuários ativos e 4 bilhões de fotos, comprado em 9/abril/2012 por $ 1 bilhão
  • FOURSQUARE – 25 milhões de usuários ativos, 1 milhão de empreendimentos e 10.4 milhões usuários mensais, avaliado em $ 600 milhões

Dados dos sites via Quora.Com, links nos números e Expandedramblings.Com

ARPU

ARPU é mais usado pelas companhias telefônicas para calcular a receita média por usuário (RPU) ou em inglês – Average Revenue Per user (ARPU). No caso do Facebook, a média mundial por usuário em 2012 foi de $5.32, US e Canadá $ 13.58, na Europa $5.91, na Ásia $2.35 e no resto do mundo $ 1.84; quanto seria no Brasil?

Em 2011, um artigo da Billboard mostrava que a Amazon tinha $ 189 de ARPU, eBay $ 39, Google $ 24 e Facebook $ 4. Já neste fórum, os números de 2012 foram, eBay $ 57, Google $ 31, Linkedin $ 8, Yahoo $ 6 e Facebook $ 5. E pelos números acima, o Mercado Livre teria $ 5 também.

Continuando os cálculos de ARPU, o Yahoo Japan teve $ 38.46 em 2012, bem mais que o Yahoo USA.

O Rakuten em yen teria 6.153 ou $ 66, maior que o seu concorrente no Japão mas menor que a Amazon.

ROI

Return on investment (ROI) ou Retorno sobre o investimento, tem vários métodos complicados de cálculo, postarei aqui a formula mais simples. ROI = (Lucro líquido)/(Investimento). E o contrário ROI = (Investimento)/(Lucro líquido) obtém-se o tempo necessário para reaver o investimento. Seguindo esse exemplo, se investir ¥ 10 milhões e quiser ter o retorno do investimento em 5 anos, é preciso gerar ¥ 2 milhões de lucro líquido anual. Mas é bom relacionar as condições econômicas do país, os riscos e o tempo gasto (trabalho) para rentabilizar o valor investido.

No Japão, onde o salário mínimo hora está na faixa de ¥ 750, se trabalhar 8h por dia sem contar finais de semana, teria que ganhar ¥1.5 milhão no ano. Ou seja, para pagar seu trabalho, o lucro líquido + salário seria de ¥ 3.5 milhões.

Valores no Japão

Alguns dados para conseguir atingir os brasileiros no Japão.

  • Correio japonês = ¥ 80 uma carta simples
  • Google Japan = ¥ 10~¥ 60 um clique
  • Facebook Ad = ¥ 50~¥ 80 um clique
  • Impressos = ¥ 100 por leitor

Alguns números dos EUA.

Dados do Leilao.JP

  • 8 milhões de páginas vistas mensalmente.
  • 385 mil acessos x 21 páginas por acesso.

Sendo que destes, (85,86%) 330.000 são acessos que retornaram ao site depois da primeira visita.

No Japão estão 95% ou 313.500 acessos.

Do total, 55% acessam via dispositivo móvel. Pode ser que muitos usuários usem desktop em casa e mobile no trabalho para
acessar o que poderia gerar 156.750 usuários ativos no mês.

  • 47.700 usuários cadastrados.
  • 1.500 carros cadastrados.
  • 13.500 produtos .

Estimativas de preço de acordo com os números acima

  1. 170.000 visitas (mês) de sites de busca x $ 0,10 (valor médio adwords) x 12 meses = $ 204.000 ou ¥ 19.078.000
  2. 156.750 usuários ativos (mês) x $2 (valor mínimo ARPU das redes sociais) = $ 313.500 ou ¥ 29.318.500
  3. 47.700 usuários cadastrados x (1h=¥750) para conseguir cadastrar 1 pessoa = $ 382.700 ou ¥ 35.775.000
  4. Life Time Value of a Customer (LTV) = ¥ 5.000 x 1.000 x 10 = $ 535.000 ou ¥ 50.000.000
  5. Dollar Per Email (DPE) = 47.700 emails x $ 3 = $ 143.100 ou ¥ 13.380.000
  6. Preço de um site de carros com 840.000 visitantes únicos, $ 200.000 ou ¥ 18.700.000

A média de todos os 6 métodos é de $ 296.000 ou ¥ 27.700.000

Dica do Daniel, um sistema online que analisa o valor do site (Valuation), com base nos números do Alexa.

Estimativas para desenvolver um site com os mesmos números

  • Salário de 1 profissional de desenvolvimento e outro de marketing/vendas por 2 anos ¥ 15 milhões.
  • Custos operacionais e investimento em publicidade por 2 anos ¥ 10 milhões.
  • Soluções de problemas e monetização ¥ inestimável.

O grande diferencial do Leilao.JP é que ele segue a linha de sites User Generated Content (UGC) ou conteúdo gerado pelo usuário. É preciso ter um Content Management System (CMS) ou sistema de gerenciamento de conteúdo bem elaborado para que todos consigam usar e inserir seus textos e fotos de forma adequada. Nessa linha estão o Facebook, eBay, Mercado Livre e Orkut. As outras plataformas de e-Commerce ou Mídia precisam de profissionais para inserir conteúdo de qualidade que atraia visitantes para o site. Com isso, a despesa com RH é muito grande pois é necessário contratar especialistas, nem sempre disponíveis no competitivo mercado de TI.

Vídeo da Endeavour sobre valuation de startups

Aqui os especialistas discutem sobre valorização de empresas. São projeções sobre perspectivas de rentabilidade, ou seja, o lucro líquido que será gerado com o passar dos anos. Diferente da avaliação do site e o que ele pode gerar em termos de cadastros, cliques, posicionamento de SEO e custo/benefício de publicidade.

Quero comprar um site, como faço?

São três pontos a analisar, a plataforma, o conteúdo e o filtro. Eu gosto muito do Linkedin, pelo design, usabilidade e conteúdo de qualidade, quem sabe um dia eu compre um pedaço site. Se tiver alguma dúvida em relação a algum site, fale direto comigo no formulário abaixo:

Anúncios

Empreendedores brasileiros no exterior

Padrão
Instagram

Instagram

Dias atrás o Blog Aperto de Mão do Hiroyuki Suzanaka postou sobre o empreendedor Mike Krieger, brasileiro que vive nos EUA, co-fundador do Instagram, o aplicativo de fotos adquirido pelo Facebook por $ 1 bi.

Decidi então pesquisar sobre outros empreendedores brasileiros no exterior e achei mais alguns.

David Neeleman – foi CEO da JetBlue, a companhia que lucrou mesmo durante a crise aérea nos EUA com as passagens mais baratas do país. Em 2008 fundou no Brasil a Azul, que teve o nome escolhido por votação do público.

Bernardo Porto – Sócio-Fundador da DeskMetrics, atualmente no Chile e vendendo seu software de analises para o mundo inteiro. Já saiu duas vezes no Techcrunch.

– Philipp Povel – Sócio-Fundador da MyBrands, morou 20 anos na Alemanha e na sua volta ao Brasil fundou junto com dois alemães e um francês a Dafiti.

Reinaldo Normand – Um dos fundadores do Zeebo, projeto inovador que utilizava a rede 3G para baixar jogos. Mora nos EUA e fundou a 2Mundos.

– Ron Czerny – Há muito tempo morando nos EUA, tem uma companhia que foi a pioneira em oferecer conteúdo para celulares direto para consumidores no país. Tem mais de 100 funcionários e receitas de 6 dígitos, a PlayPhone.

Adriano Blanaru – Fundador e CEO da Clipik, um site que facilita a forma de editar vídeos e fotos. Já teve grande cobertura da mídia especializada em tecnologia como pode ser visto na home.

Paulo Lerner – Fundador de 3 startups, incluindo a Rewinery que promete entregas dos melhores vinhos em 1 hora na região de San Francisco.

Espero ver o nome de algum empreendedor brasileiro do Japão na mídia em breve.

Fontes: Wikipedia.Org, Techcrunch.Com e Istoedinheiro.Com.Br